domingo, 4 de outubro de 2009

Música de Ary Barroso, Canta Silvio Caldas (1953)


























No Rancho Fundo
(Ary Barroso - Lamartine Babo) - Faixa n° 01
Canta: Silvio Caldas



Curiosidade
A música foi composta por Ary Barroso, com versos de J. Carlos, para a revista musical "É do Outro Mundo" (alguns pesquisadores citam a revista "É do Balacobaco"). Com o nome "Na Grota Funda", teve a interpretação de Aracy Cortes. Durante a apresentação da peça, Lamartine Babo ficou tão impressionado com a melodia que resolveu fazer outros versos dando-lhe novo título: "No Rancho Fundo". A primeira gravação em disco foi da cantora Elisinha Coelho e tornou-se um clássico imortal da música popular brasileira.

No Rancho Fundo

No rancho fundo
Bem pra lá do fim do mundo
Onde a dor e a saudade
Contam coisas da cidade

No rancho fundo
De olhar triste e profundo
Um moreno canta as mágoas
Tendo os olhos rasos d'água

Pobre moreno
Que de tarde no sereno
Espera a lua no terreiro
Tendo o cigarro por companheiro

Sem um aceno
Ele pega na viola
E a lua por esmola
Vem pro quintal deste moreno

No rancho fundo
Bem pra lá do fim do mundo
Nunca mais houve alegria
Nem de noite nem de dia

Os arvoredos
Já não contam mais segredos
Que a última palmeira
Já morreu na cordilheira

Os passarinhos
Enterraram-se nos ninhos
De tão triste essa tristeza
Enche de treva a natureza

Tudo por que
Só por causa do moreno
Que era grande hoje é pequeno
Para uma casa de sapê

5 comentários:

BETO PALAIO disse...

Tudo por que / Só por causa da Helô / O que era grande hoje é enorme e lindo e poético e imprescindível...

Zé Carlos disse...

Olá, Heloise
Tudo bem? Quem escreve é Zé Carlos, do Sovaco de Cobra. Gostaria de escrever uma matéria sobre seu blog "Rio em Disco". Poderia me passar seu e-mail para que eu possa entrar em contato? Obrigado! Abs

Heloise disse...

Oi, Zé Carlos
Que honra receber sua visita. Deixei um recado lá no Sovaco, mas pode escrever também para rioemdisco@gmail.com
Grande abraço.

Cafu disse...

Que raridade! Minha amiga só garimpa preciosidades.
Olha o Beto aí, gente!
Beijos procês.

Lu Oliveira disse...

Olá,
Achei esse post enquanto procurava conteúdos sobre Ary Barroso. Bem bacana a postagem!
Abraços,
Lu Oliveira
www.luoliveiraoficial.com.br