quarta-feira, 30 de julho de 2008

Erasmo Carlos - A Pescaria (1965)


























Festa de Arromba
(Erasmo Carlos e Roberto Carlos) - Faixa nº 3



Vejam só que festa
De arromba
No outro dia
Eu fui parar
Presentes no local
O rádio e a televisão
Cinema, mil jornais
Muita gente, confusão
Quase não consigo
Na entrada chegar
Pois a multidão
Estava de amargar
Hey! Hey! Hey! Hey!
Que onda
Que festa de arromba

Logo que eu cheguei notei
Ronnie Cord
Com um copo na mão
Enquanto Prini Lorez
Bancava o anfitrião
Apresentando a todo mundo
Meire Pavão
Wanderléa ria
E Cleide desistia
De agarrar um doce
Que do prato não saia
Hey! Hey! Hey! Hey!
Que onda
Que festa de arromba

Renato e seus Blue Caps
Tocavam na piscina
The Clevers no terraço
Jet Black's no salão
Os Bells de cabeleira
Não podiam tocar
Enquanto a Rosemary
Não parasse de dançar


Mas vejam quem
Chegou de repente
Roberto Carlos
Em seu novo carrão
Enquanto Tony
E Demétrius
Fumavam no jardim
Sérgio e Zé Ricardo
Esbarravam em mim
Lá fora um corre corre
Dos brotos do lugar
Era o Ed Wilson
Que acabava de chegar
Hey! Hey! Hey! Hey!
Que onda
Que festa de arromba

2 comentários:

Adelino disse...

Helô, você está fazendo com este brilhante trabalho de pesquisa e resgate da cultura musical carioca, mais do que a nossa Secretaria das Culturas... Esta Festa de Arromba do Erasmo e Roberto Carlos eternizou nomes de artistas da Jovem Guarda de forma saborosa. Tem um ritmo daqueles que a gente não cansa de ouvir. E a capa do LP? Uma jóia...
Beijos.

ana de toledo disse...

Ai que fofo o Tremendão mocinho!!